+ textos

Desafinado

Acordou com o Sol entrando pelas janelas. Como o dia estava bonito tinha pelo menos uma faísca de esperança que as coisas melhorassem. Mas a vida dele está desafinada. Aquela boa e velha canção, mesmo que normal e rotineira, era melhor que o som arranhado e ruim que está presente. Esse som ruim é formado por raiva, tristeza e desânimo. E o Sol, que de manhã cedinho trazia esperança, a tarde trazia um calor desesperador. Queria sentir e dizer palavras de esperança, mas só podia dizer que ela é a última que morre, mas morre.




17 comentários:

dannyell disse...

a vida nos proporciona muitas coisas boas, um ceu azul, bons amigos, pequenos amores, grandes paixoes... mas as vezes ela parece ingrata, pois tambem nos manda tristeza, saudades e sofrimentos...o que nos conforta � que o unico que pode lutar e resistir aos obstaculos que nos � imposto � voce mesmo.

lembre se, coisas muito piores podem te acontecer, mais algrias mais infinitas virao brindar a sua existencia.

abra�o

subby disse...

se eu pudesse eu afinaria essa vida sua pra vc.. mas eu tô mal mal sabendo afinar meu próprio violão.. e minha vida estava num timbre tão diferente do habitual, q me assustava.. e parece q agora as coisas voltam ao normal; não demora e sua música boa volta a rolar, anjo.

*:

Gracy disse...

ela morre, mas depois renasce...

Wallacy disse...

eu já prefiro tocar minha canção um tom abaixo, ou um tom acima, pra sair da rotina, mas nem tanto...

Mamanunes disse...

"Acordei bemol
Estava tudo sustenido
Sol fazeia
Só não fazia sentido." (Leminski)

quem disse que não há dia triste?

Você é um amor!
Parabéns pela estréia no
"l5 Escritores". Já estive lá garimpando. Muito legal!!
bjk
:)

Cackau Loureiro disse...

Acredito nisso tbm...mas eu sempre tento denovo...

Contraditório não?

Venha para um café?

•Gabi disse...

Gosto de coisa mácabras de vez em quando.
Acho que eu que sou macabra, né??

Beijo.

Enterufter disse...

Verdade.

Mas...

A esperança é Fênix e vai renascer um dia. Dentro em breve seu coração estará cheio dela.

E seu blog terá clima de nascimento.

Abraços.

andreia disse...

Então meu belo garoto, amor de minha vida,sofro com você também, mas como você,a quem sempre vejo em um novo despertar e a quem Deus me permite ver em vários ângulos,observando-te todos os dias creio que Ele não falha e afinal de contas o sol o vento a chuva enfim,não importa como o dia amanhece o que importa é contemplar-te e perceber que você foi premiado com mais um dia e eu pude ser grata a Deus pela tua existência .Te amo muito filho!!!!!!!!!És uma bela canção.

Alice disse...

Ola helder querido !! estive viajando e ja estava com saudades de suas palavras .... e digo contigo e para ti que esperança de verdade morre, mas sempre ressussita. bjusss

Marco Schiavo disse...

Quando a vida andar meio desafinada, simplesmente, mude de musica! Musicas da vida também tem prazo de validade... talvez você esteja querendo usar um modelo velho num contexto moderno.
Abraço.
Bom texto.

Arthur Araújo disse...

Putz, não fale em calor que aqui em Salvador faz calor, faça chuva, faça sol, de manhã, de tarde, de noite e também nas madrugadas... é calor o tempo todo.

Quanto a esperança... as minhas já morreram faz tempo. Eu mesmo as assassinei quando descobri que nossos desejos e vontades têm de serem feitos aqui e agora, e não se deve esperar que elas, por ventura, aconteçam.

Eu não espero acontecer, eu faço.

Abração e ótimo fim de semana!!

Menina Lunar disse...

ressuscita ela!!

Amanda_Bia disse...

eu sei como é se sentir assim!
já vi sua estréia e amei!!!
beijos!!

Jeniffer Santos disse...

é...há dias de sol e dias de chuva.
ainda bem ,que passa,demora mas passa!


x)

beijos,melhoras e boa semana!

Criiis ;) disse...

Minha vida nem sempre está em sintonia também. Aliás, nesses últimos dias, tudo que eu ouvi e senti foi desafinado. Mesmo.
Mãs, com uma boa dose de paciência, aos poucos, as notas vão tomando seu lugar, e a canção não tarda a surgir.
beijos!

Juliana disse...

Quando morre,
só parece que não vai renascer.

Sei que o clima pode ser de velório,
mas antes este tango do que uma alegria fragilmente falsa.
Essa não é uma tentativa para que sinta-se melhor.
Mas para sentir o que sentir e pronto.
E ponto.
Beijo