+ textos

Jump!

- Eu vou me jogar! – Um homem gritava.
- Não! – A multidão respondia.

Um sujeito homem de mais ou menos quarenta anos, barbado e ligeiramente bêbado, estava na beirada do terraço de um prédio de vinte andares. Cada vez mais curiosos se amontoavam na rua procurando um bom lugar para ver o suicida. Numa vida tão monótona ver alguém querendo se jogar de um prédio (apesar de meio mórbido) é um espetáculo e tanto.

Uma daquelas senhoras gordinhas e faladeiras gritou de lá de baixo:
- Filho, não faça isso! A vida é bonita!
O homem soltou uma risada sarcástica de lá de cima e disse com raiva:
- Velha! A minha em questões de beleza se parece com a senhora!
A senhora sentiu-se muito insultada e calou-se.

- Vamo pular, vamo pular, vamo pular, vamo pular! – Cantava o homem, dançando pela beira do terraço.
- Não! – Gritava a multidão.

A polícia chegou para tentar convencer o homem a desistir do suicídio. O comandante começou a negociar:

- Calma rapaz, vamos conversar. Você deve enfrentar as adversidades da vida, não é assim...

O homem novamente sorriu e falou:
- Cala a boca. Qual a maior adversidade que você já enfrentou? Sua sogra?
- Eu sei que o senhor está nervoso, acalme-se! – Respondeu o comandante, encabulado.
- Será que ninguém pode morrer em paz? (risos). Até parece que vocês se importam com a minha vida, só estão aqui porque são curiosos ou estão entediados. – Falava aos tropeços, a língua se enrolava.

As pessoas não responderam.

- Quer saber de uma? Não vou dar esse gostinho pra vocês não, não vou pular. Está comprovado que todos são hipócri...

De repente, sentiu uma mão macia em suas costas, empurrando-o. Deu saltos mortais até espatifar-se no concreto. Uma senhora gordinha com ares de satisfação atravessava os andares no elevador. "Mal criado", ela resmungou mentalmente. Pobre sujeito, mal sabia que além de velha e gordinha, ela era também a sogra do comandante.

39 comentários:

subby disse...

e eu q pensava q o meu humor negro era o melhor de todos..
vejamos o lado bom da história, pelo menos ele morreu sem ser suicida! =D
ôÕ

haha, muito bom.
amo

Eolo, Senhor dos Ventos... disse...

Que horror Dexx.
Desconfio que essa velhinha é alguma ex-professora aposentada do Cefet :P
Adorei veio.
Muito bom!
Se cuida.

Iterashai.

Amanda Bia disse...

mto bom!!! adorei! como sempre!
beijos!

Filipe Garcia disse...

E aí Helder!

Gostei do seu texto. O final me surpreendeu. Fiquei esperando algo dramático com moral e tudo e você me faz soltar um riso... bom é assim... textos previsíveis não têm muita emoção.

Abraços

Criiis ;) disse...

ahahahahhaa
muito bom o comentário da subby :)
sempre temos que ver o lado bom da coisa né?


beijos!
Tava com saudades de vir aqui :*

MH disse...

hahaha
muito bom
humor negro na veia...ou seria..na velha.

Dannyell disse...

pelo menos ele nao cometeu um pecado grave hahahaha

nao gostei do final nao, mas isso eh bom , hueaheuahea

surpreendente como sempre...

forte abraços

Jane Andrade disse...

HOHO, que velhinha danada! (6)
concordo com o suicida, as pessoas fazem da morte um espetáculo... =S

=*

Fabio Martins (Dú) disse...

Olá!!! primeiramente obrigado pelo comentário ao blogger suas visitas são sempre muito bem vindas!!!!

Sobre o texto, mandou mto bem... a lingua pode ser muitas vezes pior que um chicote... ô se pode...então não é bom abusar...

abraço.

alinemangaraviticarrerette disse...

hahahhaahah
^^
humor negro.gostei.^___^

Cecília Borges disse...

Bom! Ótimo humor pra começar meu dia.
Bj

Juliana Caribé disse...

Vixi, esse foi duplamente azarado... rs

Beijos.

Fred Gonzalo disse...

Olá,

seu conto foi indicado pra concorrer o prêmio Entre Vistas na categoria contos.

parabéns!!

http://entrevistasvirtuais.blogspot.com/

Alice disse...

cara , vc é demais mesmo !!! sempre me surpreende.
beijos no seu coração
Alice

Lidi disse...

A vida é sempre interessante pra um bando de curiosos esperando pela morte de alguem.

HAHAHAHA!

Adorei!

Beijo

Fernando disse...

Hélder, sinceramente, meus parabéns, meu querido!

Acho que este foi o conto seu que mais gostei! Muito bom!

Imagino o cara tropeçando nas palavras falando "Quer saber de uma? Não vou dar esse gostinho pra vocês não, não vou pular.". Dei boas risadas.

E também não imaginei que a baleinha iria subir e empurrá-lo. Ótimo condução do leitor. Bom desfeche!

Abraços!

Carolzita! disse...

hahahaha, muito bom!
Quem manda mexer...rs

beijos

Jeniffer Santos disse...

hauhauha xD

vc é otimo!
parabéns!

Talita disse...

kkkkkkkkkkk
Adorei ...
o melhor é que essas fofogueiras gordinhas estão por todas as partes kkkkkk

Lucas disse...

hahahhahahahahahhaha ou seria, nossa que triste
o fato é que o texto foi muito bom! Tanto a crítica, quanto o humor.
abraços

Teka Soares disse...

Hahaha...ele realmente conseguiu fazer da morte um espetaculo. E nem vai pro inferno por causa disso...
E você ainda disse que ultimamente estava meio sem inspiração. Se a minha falta de inspiração fosse assim eu tava muito feliz!:D
Bj**

disse...

caracas, n dá pra desfarçar o meu espanto!


hauhuau

Lucas disse...

kkkk

Muito bom seu blog!!
Final surpreendente...
Adorei!

Vou te linkar lá no meu blog, pode?! hehe

E voltar aqui outras vezes...

Abço

- BiAaaAah* disse...

ahhahaha.. vaiiiiiii.. vai mexer com a sogra alheia pra ver o que acontece!!!

muito booooom!!!

Juliana Caribé disse...

Oba! Layout novo!
Beijos.

Câmera Digital disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Câmera Digital, I hope you enjoy. The address is http://camera-fotografica-digital.blogspot.com. A hug.

Jéssica V. Amâncio disse...

Nossa.
Não sei se choro ou dou risada! vida trágica e irônica é a nossa não!? hehehehe
voce escreve MUITO bem! Ai ai viu! 'é um espetáculo e tanto' mesmo. rs

beijoss

Ana Cláudia Zumpano disse...

Oi Helder,
muito obrigada por comentar lá no Entre Vistas! Por ler sobre mim!
Adorei seu Blog, seu humor... voltarei sempre aqui, apareça lá no Delicada & Arredia também!
Bjos ;*

- Mô ღ disse...

Geeeente...q velhinha mais danada!! hauhau

Mto boooom!! =D

Beeeijos!
Boa semana, Helder!

Mapa do meu nada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mapa do meu nada disse...

hahahahahaah
me estraxei de rir aqui
achei q o fim ia ser triste e com lição de moral

:DD

^^

ahhh boa sorte no CIEE

rsrs

gracy disse...

postei com a conta erradaa no comentariode cima

:>D

Fernando disse...

Cara, tem conto novo na Coluna.

Abraços!

P.S.: reli o texto. E ele realmente é muito bom! Vi novamente o cara bêbado falando daquele jeito. :)

Janete Andrade disse...

Héééldeeer! x}
esse é meu blog novo, te linkei já. ;#

bjO =*

Janete Andrade disse...

com certeza não era amor! :)

Gi KrDoSo disse...

Bem feito!Ela conseguiu o que queria,morrer.

Jeniffer Santos disse...

adorei o novo layout...
bom fds ^^

- Mô ღ disse...

Toc toc toc...tem alguém aí? Tá mtooo sumiiiido, Hélder! Pior q eu...rs
Abandonou a gente? =/

Fernando Locke disse...

Imagine-me aplaudindo de pé Mue caro! conseguiu! Engraçado! E não tem como não quere saber o final, é algo que prende a atenção! tá de parabéns! além do q, traz alguns questionamentos para nós mesmo! abraço!