+ textos

O Caso da Estressada

- E então?

Disse o psicólogo, Dr. Harry, com aquele rosto largo de expressões vazias e amenas. Ele é um homem formado e conformado com sua profissão, trinta anos, alto, magro, óculos na ponta do nariz, tem olhos irônicos, mas mesmo assim, simpáticos.
E a cena é aquela, é, essa mesma que você está imaginando. Uma sala confortável, arejada, vasos com plantas espalhados, tapetes, uma mesinha simples e uma poltrona-cama muito famosa. E nessa poltrona se encontrava Bárbara, 15 anos, que reclamava ter crises de estresse.

- Pô cara, to muito estressada. Muito mesmo, sabe? Minha vida tá em crise! Pra começar, minhas amigas são muito 'fúteis' e acabam afetando minha subjetividade. Só porque eu beijei o namorado da Gi, ela ficou louca! Mó egoísta ela, barraqueira que briga por pouca coisa. Minha família é triste! Minha mãe não me deixa fazer nada: eu não posso sair e voltar tarde (tipo umas 4 da manhã), eu não posso namorar meu professor de educação física (que gosta muito de mim, sabe? De verdade), eu não posso fazer compras todos os dias, não posso tirar férias da escola (fora da época de férias, claro)... Meu pai trabalha o dia todo, meus irmãos ficam no meu pé. Enfim, é muita loucura véi, muita 'burocracia'. E o mundo me estressa! Sabe? Estressante...
(Vou poupar-lhes do resto do monólogo, pois se resumiu a palavrões)
No fim, já ofegante, ela perguntou:
- Que você me diz Dr.?

Dr. Harry, conseguiu esconder muito bem sua perplexidade ao escutar tais relatos, afinal, ele é um profissional. Em seguida, respirou fundo, ajeitou os óculos, olhou fixamente para sua paciente e disse:

- Feche os olhos. Imagine sua mãe te deixando fazer compras todos os dias, você rica de coisas inúteis (sim, porque fazer compras todos os dias, não pode ser por necessidade), seu pai para de trabalhar, ou seja, sua família pobre. E imagine ela deixando você sair e voltar pela manhã combinado ao fato de te deixar namorar seu professor, resultado: gravidez. Seus irmãos param de pegar no seu pé. Vamos unir isso ao fato de sua amiga ter te escutado e deixado de ser "fútil", aderindo ao mau hábito de beijar namorados alheios e beijar seu professor. Pra completar, você está de férias. Vamos lá, imagine você pobre, grávida, largada, burra e sem namorado. Abra os olhos. O mundo te estressa?


-


Consultório de Psicologia do Dr. Harry.
Av. Òtica, Rua Míope.

23 comentários:

Flávia disse...

Na verdade as pessoas complicam demais e colocam a culpa no estresse!!!!


santa paciência!!!!

Tenho umas amigas assim também.

bjs

Flávia disse...

Primeirona!!!

Juliana Caribé disse...

Tudo depende do ponto de vista, né? =)

Beijo.

Princesa Paty disse...

Desculpa a intromissão, estava passeando pelos blog e li seu post... D+, muito bom mesmo... Parabéns!!!

Beijos!

Princesa Paty disse...

tive q voltar, está desculpado.

e estarei sempre aqui agora, ja ate te coloquei entre meus favoritos

Beijos!!!

Dani disse...

Vim aqui, por uma indicação da Paty!

Putz!! Adorei o texto!

Sabe o que é pior? É que o mundo tá cheio de meninas assim. Que acham a vida delas é a pior do mundo. Ai, ai...

VC só tem 16 anos mesmo?
=O

Beijo

Lucas disse...

Acho massa demais seu humor..
Eu imagino um tipo de psicólogo, comportado e profissional, como o que vc retratou apelando com uma pirralha que acha que é dona do nariz...
Massa...

Abraços cara!

• paloma disse...

ainda nem li
só vim deixar comentado a minha emoção ao ver o nome 'HARRY'
opsodsapkdopskdopaskpodk


Sou fã de Harry Potter a 8 anos :D

Tyler Bazz disse...

Eeeessas meninas de 15 anos que pensam que a vida é dificil... te contar, hein...


o/

• paloma disse...

Agora sim eu li.
psldopskadopkapdkposkdpoaskdposakdpoaskdopkapodkapsodkpoaskaskspok
muito engraçado. :D


e é bem assim mesmo
quem tem tudo, sempre acha que tem um monte de coisas faltando.


Mas na verdade eu acho que é assim com todo mundo. Sempre tem uma fase da vida que a gente pensa que o mundo é injusto

:*

Criiis ;) disse...

É... e era a amiga dela que era fútil!
Meu, isso me fez pensar que psicólogo deve ouvir cada coisa...


ps. Adorei o texto de baixo também, me deu vontade de ir numa festa junina dançar um xote!
Beijos :*

Luifel disse...

Pois é, as pessoas vivem estressadas primeiro porque vivemos num mundo estressado e segundo porque elas se autosugestionam um stress...

Abç

Amanda Bia disse...

adorei o jeito dele! bem eu! hehehe! adoro realismo p/ resolver os problemas!
beijos!

Janete Andrade disse...

pior q o mundo tá cheeinho de gnt assim... =s
elas acham q o mundo gira em torno dos problemas fúteis e idiotas delas! ;x

:***

FERNANDO disse...

Pobre, grávida, largada e sem namorado. Hahahahahahahahaha. Muito bom!

Gostei da combinação de fatos que fizeram a cabecinha parar e pensar no mundo. Só achei que um psicólogo de apenas trinta anos, ou seja, de seis a oito profissão, quando muito, estar conformado, é porque ele não gosta do que faz. E a resposta dele tem mais didática e ficaria perfeita pra um psicólogo de uns quarenta e seis. Hehehehe.

Gostei, Hélder! Do caralho mesmo! Já disse que o que mais gosto na Ótico, ou no ótica são os contos? Ah é, já disse. Abraços!

Polecos disse...

hahahaha

show, feLomenal como sempre...

eh meu amigo, as vezes agente se irrita com pouca coisa, mal sabemos que podia ser pior...

mas eh isso, abraçossss

Filipe Garcia disse...

Hahahahaha, imagina só a cara da menina depois que ouviu o terapeuta?

Muito legal, Hélder. Você e seu senso de humor apurado! Parabéns,

e um abraço.

disse...

Sempre existe um outro jeito de ver a realidade.

Ainda bem.

Bjo

camila disse...

Você disse bem:
ABRIR OS OLHOS!!!
Beijo
=)

BiiáH disse...

Na adolescência é assim mesmoo..
as meninas acham que os pais são chatos que querem pegar no pé, mais é ai que se enganam.. Futuramente eles se arrpendem de pensar assim e quando viram adultos querem ser adolescente e ter todos os cuidados que tinha antes!!!

As pessoas deviiam aproveitar mais cada momento da vida, pois ela é única!

è issO aee,
valeu!

Jéssica V. Amâncio disse...

Sábias palavras do Dr.Harry!Acho que preciso me consultar com ele! rs

Adorei demais!Só imaginando a cara da menina ao abrir os olhos.

Você, cada vez melhor!
=D

instantes e momentos disse...

aí cara parabens pelo teu blog. Inteligente, bem escrito. Gostei daqui, vou voltar sempre.

Favoretto, Thais. disse...

Esse arrepiou. Sério.

Beijos!